miércoles, 29 de junio de 2011

A diferença entre voar e cair........ sem nenhum estilo

Tenho certeza que todo mundo já ouviu alguma história ou conheceu alguém que se estabacou tentando imitar o super-homem. Tipo lenda urbana mesmo daquelas da loira do banheiro, se você era criança nos anos 80 ou 90 você sabe de algum sem-noção irmão, primo, primo do primo, amigo, vizinho ou primo do amigo do vizinho que se quase matou quando se jogou de algum sofá, varanda, janela ou sarjeta pra ver se voava igual ao tal homem de aço.

Ultimamente o Super-homem tá meio esquecido, coitado. Graças a outros personagens mais populares atualmente e filmes e séries bem ruinzinhas, o pobre ficou meio que de escanteio, e aposto que está curtindo sua aposentadoria em algum lugar do universo ao lado de um bofe delícia porque aquela sunguinha vermelha por cima da malha azul coladinha nunca me enganou né? E a Louis Lane era só fachada obviamente. O fato é que as novas gerações, leia-se nossos filhos já não andam brincando de super-homem.

Mas como na natureza e nas modas, nada se cria, tudo se transforma e se reinventa, não é porque o super-homem perdeu a vez que os sem-noção, leia-se crianças lindas, inteligentes, saudáveis e imaginativas vão deixar de se jogar de algum sofá, varanda, janela ou sarjeta para tentar desafiar as leis da gravidade.

Lembra do Buzz Lightyear, o fiel astronauta amigo do Woody? Aquele que descobre que não é um brinquedo que voa e que tem um bordão simpático bem parecido ao do quase vovô super-homem? Pois é ele aprende que ele não voa e sim, cai com estilo, mas já o Samuel....... Veja a cena com a qual me deparei:

video


Perceba como ele arruma as mãozinhas, faz caras e bocas e depois se prepara para "sair voando" gritando " TAtáaaaaaa" ( al infinito y más allá ou ao infinito e além ).

Não, ele AINDA não se jogou mas eu tenho certeza que ele está só esperando eu estar ocupada lendo algum blog cozinhando ou lavando roupa, aquelas coisas divertidas de casa, para tentar fazer igual ao boneco e se jogar de algum lugar. 

Porque vocês sabem,  heróis vão e vem, mas sempre vai ter um sem-noção, leia-se criança linda, inteligente, saudável e imaginativa que vai tentar voar. E aí os seus filhos vão conhecer algum  irmão, primo, primo do primo, amigo, vizinho ou primo do amigo do vizinho que quase se matou quando se jogou de algum sofá, varanda, janela ou sarjeta pra ver se voava igual ao Buzz Lightyear.

5 comentarios:

  1. ahhahahha... são brincadeiras atemporais que ultrapassam gerações! Sucesso sempre! Aqui minha mais velha colocou o rimãozinho p/alto pra brincar de super homem e deixou a criança escapolir no chão de uma altura de mais de 1,60. Quase tive um treco!

    Bjos no fofo!

    ResponderEliminar
  2. Engraçado seu post, mas fiquei aterrorizada em pensar do "se jogar pela janela". Pelo amor de Deus, tranca todas!!! rsrsrs
    Beijos
    Bia
    Vida da Mami

    ResponderEliminar
  3. Hehehehehehe
    Este é só o começo!
    Não vou estragar a surpresa, mas vai preparando o coração.
    BJS

    ResponderEliminar
  4. Os "corujas" e mto suspeitos adoraram o vídeo, observamos tb que ele é bem esperto ameaçou mas não se jogou. Se tivesse um belo colchão no chão com certeza ele se acabaria, hahahahahahaha

    ResponderEliminar
  5. RSRS, DESCULPA mas tenho que rir! esse menino é demais kkk! a Kamila tb ameaça pular, mas nessas ameaças já quase caiu! tem que ficar de olho! mas o que ela gosta mesmo aqui é pular na cama. ela pula, pula, e se joga com tudo! rsrs! beijos

    ResponderEliminar