lunes, 2 de julio de 2012

O independente ou também: Cadê o bebê? Cresceu!!

Não faz muito tempo eu me lembro que eu tinha un bebê, ele pedia tudo pra mim e tudo o que ele fazia dependia de mim. Um belo dia eu pisquei e quando percebi o bebezinho era uma mini pessoa que tinha independencia como segundo nome!

O Samuel esta oficialmente na fase de querer fazer tudo sozinho. Pouco a pouco ele foi demostrando que ele queria se vestir sozinho, e ele  faz isso todos os dias, primeiro era só a camisa e a calça ou bermuda, o pijama não pode ser colocado por ninguém mais que por ele mesmo. E agora até a meia ele coloca, bom, envolve uma pequena gritaria e cabeçadas na parede, mas ele coloca. E quando termina diz:"Já" com toda a calma e tranquilidade do mundo como se o ataque de histerismo de segundos atrás nunca tivesse acontecido.

Depois vieram os dentes, ele pega a escova, coloca a pasta e escova sozinho, quer dizer ele chupa. Fico atrás dele dizendo escova aqui e acolá e a lingua, mas abrir a boca pra que eu possa escovar pra ele como se deve? Nem morto! Dentista....me aguarde!

Agora como ele  é um menino que tem controle das suas funções ele não quer nem saber de avisar que está indo ao banheiro. Ele pega e vai e quando escuto ele está lá. E ai antes que me matem dizendo que porque eu não estou dando pulos de alegria eu conto, que ele não quer que a gente limpe o bumbum, eu tento e ele diz "Mi, Mi Mi" que to desconfiada quer dizer " deixa que eu faço, porra!" e acredite, por mais que a bundinha em questã seja a mais linda do mundo, lutar pra limpar enquanto ela ainda está suja não é lá tão bonitinho.

Bonitinho mesmo  é quando o xixi escapa no meio de uma sonequinha e o menino fica lá chorando triste e decepcionado achando que aquele pipi sem consideração traiu a confiança dele. 

 E agora pra eu terminar de me sentir obsoleta o rapazinho resolveu que ele come totalmente sozinho, até mesmo ceral com leite e sem fazer meleca, coisa que aliás eu agradeço. A mini pessoa coloca toda sua comida na boca, bebe o suco e ainda exige que a gente brinde com ele cada vez que ele vai tomar o suco ( nota mental: preciso parar de levar meu filho pra sair com a galera do trabalho).

A minha parte mãe normal e bem resolvida diz: que orgulho, meu filho está crescendo e sabe se virar, está independente e se cuida sozinho! Que orgulho!  A minha parte neurótica e carente diz: Meu filho já não precisa de mim!!! E ai a gente fica aqui cada dia mais surpreendida por uma mini pessoa cada vez mais  pessoa e ao mesmo tempo se perguntando onde foi parar aquele bebezinho que estava aqui agora mesmo! Porque mãe que é mãe faz drama até quando não cabe em si de tanta emoção de ver aquele serzinho que um dia foi parte de você ser cada vez mais parte do mundo!





 

4 comentarios:

  1. Oi Paula,td bom? que lindo que ele está! eles crescem rapido e a gnt so torcendo p serem sempe nossos bebezinhos..rs..Bjao e otima semana!!

    ResponderEliminar
  2. Hi! Great site! I'm trying to find an email address to contact you on to ask if you would please consider adding a link to my website. I'd really appreciate if you could email me back.

    Thanks and have a great day!

    ResponderEliminar
  3. Ai que medo, Paula! Quero que o meu cresça, não!
    Beijos

    ResponderEliminar